quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Máscara de E.V.A. do Lobisomem



Confeccionei a máscara do Lobisomem de E.V.A. para trabalhar a lenda com meus alunos, porém ela dá perfeitamente para ser utilizada em contação de histórias que tenham o personagem do Lobo Mau. Essa máscara encontrei nesse site, onde também tem o molde para imprimir e fotos do passo-a-passo.

sábado, 13 de agosto de 2016

Dia dos Pais





Montei o painel utilizando as fotos dos pais e os alunos pintaram as camisetas dos respectivos times de futebol. No dia da homenagem, pais e alunos participaram de um circuito de esportes e receberam no final as medalhas de Super pai e super filho(a).

Os alunos escreveram uma mensagem em um cartão em forma de bola de futebol.

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Lenda Africana: Galinha d'Angola



No livro de Artes da 1º ano há sugestões para trabalhar a cultura africana. Escolhi contar para eles (sim, eles amam ouvir as lendas) a Lenda da Galinha d'Angola. Por que elas tem as pintas brancas?

Pesquisei e contei a que se encontra nesse link. Como atividade, eles carimbaram a mão com guache preto na sulfite, desenharam a chuva e colaram lantejoulas prateadas simbolizando as manchinhas brancas da galinha.

plano de aula - folclore


Plano de aula - Folclore

Disciplina: 

História

Tema:

Folclore

Objetivos:


  • levar o conhecimento do folclore brasileiro aos alunos, identificando suas características e valores;
  • resgatar tradições;
  • valorizar o folclore brasileiro;
  • resgatar brincadeiras e músicas folclóricas;
  • estimular a imaginação.
Conteúdo:

  • lendas;
  • parlendas;
  • cantigas.
Desenvolvimento:

Foram contadas algumas lendas para as crianças, uma por dia. Os alunos fizeram várias atividades impressas, aprenderam a cantar e brincar Ciranda-Cirandinha.

Para download:

Máscara da cuca - clique aqui
Saci - clique aqui
Lobisomem em 4D -clique aqui

confecção de peteca, com bola de jornal e celofane



pintura da máscara da cuca



máscara da cuca pronta



contação de história Cuca



pintando o saci para coloca-lo depois na garrafa pet



vejam quantos sacis!



pintura do lobisomem em 4D




segunda-feira, 30 de maio de 2016

Jogo do Nunca 10



Estou trabalhando com a minha turma de 1º ano, na disciplina de Matemática, os números ordinais,  dezena e dúzia e Unidade e Dezena. Como atividade lúdica, eles brincaram do jogo nunca 10. Separei em uma mesa algumas peças do Material Dourado, mostrando para eles os quadradinhos menores das Unidades e os bastões das Dezenas. Depois de escolher quem jogaria o dado primeiro no par ou impar, cada um na sua vez jogava o dado e o número que saísse era o número correspondente de Unidades que tinham que pegar do monte. Quando a soma dos quadradinhos fosse igual a 10, substituíram as unidades por um bastão. Vencia quem pegasse todos os bastões primeiro.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Colagem - sapo


Trabalhando os animais marinhos e terrestres com a turma do 1º ano, o foco da apostila era no sapo: animal cuja metamorfose se dá na água e, na fase final, na terra. A atividade que fizeram, foi essa colagem da imagem que ilustra a postagem: os alunos cortaram um círculo e as patinhas na folha de color-set, dobraram o círculo do meio e recortaram, ficando com duas metades. Colaram dessa forma, as patas e os olhos, desenhando em seguida o habitat do animalzinho.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Projeto Romero Britto



Sim, eu estava doente quando tirei essa foto kkkkk extremamente gripada, porém animadíssima com o projeto Romero Britto.

Na primeira aula foi montado esse cartaz que seguro nessa foto para apresentar o projeto e a primeira obra pintada pelos alunos foi a Mona Cat.

Na segunda aula, fizeram a releitura da obra Dance of Hearts

Na terceira aula, a obra O Gato:


Na quarta aula, fizeram a releitura da Obra Colorfun Underware


Na quinta aula, a releitura da obra Angel, de forma tridimensional


Na sexta e última aula do projeto, a pintura da Maçã


quinta-feira, 19 de maio de 2016

Formas geométricas tridimensionais



Trabalhei as formas geométricas tridimensionais com a minha turma de 1º ano e para fixar os conteúdos trabalhados, criamos vários monstrinhos cujo corpos tinham as formas tridimensionais trabalhadas (esfera, cubo, paralelepípedo, pirâmide, cone). Foi uma festa! O único monstrinho com o corpo diferente foi a da esfera, aproveitei uma bolinha. O restante cortaram na cartolina, montaram e colaram!

Deseja fazer com a sua turma? Baixe os moldes direto no seu computador!

Clique, vai aparecer a propaganda, quando aparecer a frase FECHAR PROPAGANDA, feche e salve tudo no computador!


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Festa das formas geométricas


Trabalhando as formas geométricas com os alunos do 1º ano, aproveitei e montei junto com eles essa história da imagem que ilustra a postagem, que serve perfeitamente também para as turmas dos maternais e níveis. Os alunos ficaram encantados!

terça-feira, 3 de maio de 2016

Projeto Tarsila do Amaral



Mais um mês e a turma dos integrais mergulha no universo de Tarsila do Amaral. Depois de conhecer a biografia da pintora, em cada aula eles mergulharam em algumas obras dela.


Na primeira aula, eles pintaram o autorretrato da Tarsila. No mesmo dia em que foi montado o cartaz do projeto. Na segunda aula, conversamos sobre a obra "Abaporu" e eles fizeram a releitura da tela.


Na segunda aula, a obra trabalhada foi A Família, com recorte e colagem.


Na terceira aula, a obra trabalhada foi A Cuca - aula mais interessada deles, pois fizeram muitos questionamentos sobre a lenda da Cuca.

Na quarta aula a releitura da obra O Idílio.


Na última aula, a releitura da obra O Sono.




sexta-feira, 29 de abril de 2016

Projeto Alimentação Saudável


Foi dado início nesse mês de Abril o projeto Alimentação Saudável com a minha turma de integrais. E resolvi iniciar a aula, falando sobre o aparelho digestivo (ou digestório). Foi uma aula encantadora, com muitas perguntas dos alunos sobre a função de cada órgão sobre os alimentos que ingerimos. Muitos dos meus alunos não comem frutas, legumes ou verduras e durante essa aula eles entenderam o porquê que o bumbum dói e sangra quando eles fazem coco. Espero que no final desse projeto, todos estejam se alimentando de maneira saudável e vivendo uma vida saudável!

Na segunda aula, aula de culinária, fizemos a Fanta Laranja Saudável (receita aqui), focando na ingestão de produtos naturais. Houve um bate-papo no gramado sobre as diferenças entre o alimento natural e o industrializado.



Na terceira aula, trabalhei a Pirâmide Alimentar (na base da que eu montei inseri água e atividades físicas). Depois das explicações no quadro, os alunos receberam uma pirâmide vazia e dei opções de alimentos para eles desenharem nos lugares certos (atividade aqui).

Na ultima aula trabalhei a importância da água para o organismo humano e eles desenharam a aula no caderno de desenho.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Como criar jogos de alvo com os alunos da pré-escola


Para criar seus próprios jogos de alvo, as crianças precisam saber planejar, escolher os materiais utilizados e discutir as normas da partida




Jogos são essenciais na Educação Infantil por desenvolverem a autonomia e a sociabilidade dos pequenos. A atividade faz com que eles se relacionem uns com os outros e aprendam a esperar a vez e cumprir regras. E tão importante quanto jogar é o professor propor a criação dessas brincadeiras pela garotada, o que inclui trabalhar nas regras, nas peças, no suporte e no acabamento, escolhendo como revestir ou pintar. Com isso, você ajuda a turma a desenvolver várias habilidades, como tomar decisões e exercitar a imaginação, com a vantagem de aprimorar a coordenação motora e a capacidade de transformar objetos. "As crianças conseguem inventar materiais desafiadores, apropriados à sua inteligência. Como gostam de ficar mentalmente ativas, elas não continuam jogos que se tornam muito fáceis ou não funcionam", escreve a pesquisadora norte-americana Constance Kamii no livro Jogos em Grupo na Educação Infantil


Além de divertidas, essas situações são proveitosas quando feitas com a intencionalidade do educador. Por isso, tenha claro: qual é o seu objetivo? O que as crianças vão aprender? Quais encaminhamentos devem ser feitos? É necessário preparar materiais? 

Para as crianças aprenderem a elaborar jogos, inicialmente precisam ter contato com eles. Uma opção interessante são os jogos de alvo, como boliche, bilhar, bola de gude e argola. Eles favorecem a estruturação do espaço, já que exigem conseguir acertar a mira ajustando a força à distância. Se a opção for outros jogos em grupo, como os de esconder, de corrida, de perseguição, de descoberta, de cartas ou de tabuleiro, apresente outras referências. Sabendo das diferentes possibilidades, os pequenos prestam atenção em como funcionam, o que é mais desafiador ou mais agrada, e utilizam essas ideias no momento da construção de seus novos jogos.

Como criar jogos de alvo com os alunos da pré-escola



Um bom trabalho exige materiais variados: tampinhas de garrafa, papelão, botões, fita crepe, bolinhas de gude ou borracha, barbante, elástico, cola, arame, tesoura, tinta, giz de cera, sementes, retalhos de madeira, adesivos e pedrinhas são só algumas das opções. Tendo os itens selecionados, prepare o ambiente de trabalho: organize-os em caixas e deixe-os ao alcance dos pequenos. 


Em seguida, peça que os participantes façam um esboço com papel e lápis do jogo que desejam construir e apresentem suas ideias aos colegas. A intenção é que pensem nos prós e contras daquilo que projetaram para alcançar um resultado melhor. Fique atento para dar voz aos que tenham dificuldade de se impor. "As contribuições talvez sejam caóticas por alguns instantes, mas o professor pode aprimorá-las", diz Adriana Klisys, diretora da empresa de consultoria em Educação Caleidoscópio Brincadeira e Arte, em São Paulo. Outra etapa essencial do trabalho é a elaboração das regras. Elas podem ser criadas aos poucos, durante as discussões, já que são o resultado de uma construção permanente (leia o projeto didático).

REGISTRO NO QUADRO Enquanto alguns jogam,
outros ficam
 responsáveis por anotar a pontuação no quadro

Na turma de Cristiane Ferreira da Silva, da Creche Idalina Ochôa, em Florianópolis, as crianças de 5 anos tiveram de quebrar a cabeça para fazer um jogo de boliche. Para deixá-lo bonito e funcional, elas preencheram garrafas plásticas de refrigerante com água e guache. Para fabricar a bola, usaram jornal, cola e fita adesiva. "Quando tudo estava pronto, tivemos uma surpresa: as garrafas pesavam demais e a bola não conseguia derrubá-las", conta Cristiane. Começaram inúmeros testes, enchendo e esvaziando garrafas, diminuindo a distância entre o participante e o alvo e aumentando o peso da bola. E o jogo, enfim, deu certo. A garrafa foi preenchida até a metade, a bola de jornal foi recheada com uma pedra e pronto: com um pouco de mira, os pinos foram derrubados e as crianças se alvoroçaram. O planejamento da professora precisou incluir também o tempo gasto com o acabamento: as crianças adoram essa etapa e é ótimo que deixem o jogo atraente e imprimam uma marca autoral. Elas se sentem protagonistas do trabalho e reconhecem os cuidados que tiveram. Para Adriana, as crianças passam a se enxergar produtoras de cultura, e não meramente consumidoras. "Se até poucos anos atrás era comum os pequenos fabricarem seus próprios brinquedos, hoje não é. Embora existam muita variedade e opções à venda com preços acessíveis, o comprar e o criar podem andar juntos", diz a especialista.


Fonte: Nova Escola



sexta-feira, 15 de abril de 2016

Aula de Culinária para Crianças: Fanta Laranja Saudável


Dando continuidade ao projeto de alimentação saudável, a receita de ontem foi a Fanta Laranja Saudável. Três das 20 crianças ao notarem a presença da cenoura na receita, só deram uma "bicadinha"... a maioria disse que era mais gostosa que a Fanta original. Vamos à receita:


FANTA LARANJA SAUDÁVEL

Ingredientes

  • 3 cenouras grandes picadas;
  • casca de 1 laranja;
  • caldo de 6 limões;
  • 1 1/2 xícara de açúcar;
  • 1 1/2 litro de água gelada;
  • 1 1/2 litro de água com gás gelada
Modo de preparo

Bata bem no liquidificador os 5 primeiros ingredientes. Coe numa jarra grande e acrescente a água com gás.

Rendimento: aproximadamente 3 litros

terça-feira, 12 de abril de 2016

A família silábica da consoante b


Plano de aula

Disciplina

PORTUGUÊS 

Tema:

A letra B e a sua família silábica.



OBJETIVOS:

  • Ø  Compreender a relação entre fonema/grafema;
  • Ø  Oralidade;
  • Ø  Formar novas palavras a partir da família silábica da letra B;
  • Ø  Perceber a presença das sílabas BA, BE, BI, BO e BU em alguns objetos (boneca, bala, bola, etc).



DESENVOLVIMENTO: 

Apresentar a família silábica no quadro (maiúscula, minúscula, bastão, cursiva); perguntar quais palavras conhecem que tem a família silábica; mostrar objetos que tenha a presença da família silábica. Vão treinar a grafia da família silábica da letra B no caderno.

Receberão a ficha de leitura, farão o treino de leitura e registrarão em forma de desenho no caderno coisas que comecem com BA, BE, BI, BO, BU. Clique aqui e baixe a sua ficha de leitura.

LúdicoResgate da brincadeira batata-quente, mas com uma nova proposta: enquanto um aluno, de costas ou olhos vendados diz “batata-quente, quente, quente...”,  os outros alunos, em roda, vão passando a “batata” um para o outro, até que o aluno de costas diga “queimou”. Quem ficar com a batata na mão, tem que falar uma palavra com BA, BE, BI, BO ou BU, independente se começa com a sílaba ou está no meio/fim da palavra.

sábado, 9 de abril de 2016

Plano de aula - Campo Mourão, minha cidade!


Plano de aula


Disciplina

HISTÓRIA

Tema

Campo Mourão, a minha cidade

OBJETIVO:

  • o   Explorar a cidade onde mora;
  • o   Conhecer a história da cidade;
  • o   Conhecer a música oficial de Campo Mourão e aprender a canta-la.


DESENVOLVIMENTO: 

Contar a história da cidade de Campo Mourão, mostrar imagens antigas e novas da cidade e questioná-los sobre as mudanças ocorridas com o passar dos tempos. Observaram as imagens e falaram como são as ruas, os prédios, o comércio, o que mudou, as semelhanças e as diferenças, bem como o que acham da cidade. Desenharam no caderno o centro de Campo Mourão.



Na segunda aula, trabalhamos a bandeira da cidade.





Na terceira aula, o hino de Campo Mourão. Na última aula, os alunos fizeram uma visita ao museu da cidade; infelizmente, nesse dia não pude acompanhá-los porque estava no hospital acompanhando meu filho mais velho que passou por uma cirurgia.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Projeto Vinícius de Moraes



Desenvolvi com os alunos do contra-turno o Projeto Vinícius de Moraes, com o intuito de trabalhar a vida e obra do poetinha. Na primeira aula, os alunos viram fotos e conheceram a biografia de Vinícius e confeccionaram o cartaz da foto que ilustra a postagem do blog. 

Na segunda aula, os alunos trabalharam "A Casa"




E confeccionaram mini-casinhas de papelão pintadas com guache.


Na terceira aula, a obra trabalhada foi O Pato







Na quarta aula, a poesia: A arca de Noé. 


Foi lida na sala, cada aluno recebeu uma cópia. Depois houve debate sobre as palavras que não conhecem o significado. Contação de história “A Arca de Noé”.

Na quinta aula, o poema trabalhado foi O Peru



Na sexta aula foi As corujinhas



E na última aula do projeto, a Aquarela!







Com os alunos do 1º ano, trabalhei o poema Borboletas para dar continuidade com as famílias silábicas da consoante B.